Destaques

Princípio de motim é controlado na Cadeia Pública de Cianorte


Na madrugada desta tarde desta terça-feira (15/10) por volta das 02 horas presos da  Ala D  da Cadeia Pública de Cianorte iniciaram um princípio de motim, a ação ocorreu quando os agentes de cadeia de plantão foram retirar um preso que supostamente estaria passando mal e necessitando de atendimento médico, durante os procedimentos, os conseguiram  pegar um agente de cadeia como refém, imediatamente os agentes de plantão com apoio de equipes da Rádio Patrulha e ROTAM da Polícia Militar de Cianorte conseguiram conter o motim, sendo que os presos liberaram o refém que não teve nenhum ferimento.

Além das equipes de Rádio Patrulha e ROTAM de Cianorte a segurança da Cadeia foi reforçada com a chegada de agentes penitenciários do SOE - Setor de Operações Especiais de Maringá do DEPEN - Departamento Penitenciário do Paraná, para que os danos em um dos portões da Ala D sejam reparados.

O Departamento Penitenciário instaurará procedimento administrativo e disciplinar para apurar os fatos e a conduta dos presos.

quarta-feira, 16 de outubro de 2019
Sai da cadeia e no dia seguinte volta a ser preso


Um dia após ser solto da cadeia de Campo Mourão a Policia Militar de Luiziana prendeu novamente vulgo “Gilmarzinho” acusado de furtar uma Bicicleta.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrências um senhor entrou em contato com a Policia Militar relatando que sua bicicleta de cor azul da marca Viper Track 18 velocidades havia sido furtada do quintal de sua residência, e que segundo relatos de vizinhos o autor seria o “Gilmarzinho”, o acusado já possui várias passagens pelo mesmo crime.

Diante dos fatos a Policia Militar iniciou patrulhamento pelas ruas de Luiziana e avistou o suspeito no Conjunto esperança. Ao realizar a abordagem o acusado que estava de posse da bicicleta confessou que havia furtado a mesma.

A vítima reconheceu a bicicleta que estava de posse do ladrão, o acusado recebeu voz de prisão e foi encaminhado a 16ª SDP de Campo Mourão para medidas cabíveis.

Em uma entrevista minuciosa na delegacia os policiais encontraram no bolso do acusado uma bucha de maconha.

segunda-feira, 14 de outubro de 2019
Caminhonete despenca em ribanceira, deixa sei mortos e dezenas de feridos no Paraná

Subiu para sei o número de mortos em um acidente no final da tarde deste domingo. O acidente ocorreu na PR-092, entre Doutor Ulysses e Cerro Azul. De acordo com os bombeiros, quatro vítimas em estado grave, de 7, 11, 12 e 35 anos, foram encaminhadas para o Hospital Evangélico, em Curitiba. Um menino de apenas 2 anos e uma garota de 11 anos, em estado grave, foram encaminhados para o Hospital do Trabalhador, também em Curitiba.

Entre as vítimas fatais estão o motorista, um cadeirante e um pastor.

A polícia rodoviária apurou uma caminhonete F 4000, com mais de 30 pessoas despencou de uma ribanceira. Muitas vítimas ficaram presas às ferragens. As pessoas estavam sentadas em cadeiras que foram colocadas na carroceria do caminhonete, uma prática perigosa, mas bastante comum nas áreas rurais do Paraná. Os cerca de 30 ocupantes do carro estavam retornando de um culto da igreja Assembleia de Deus em Cerro Azul. Há muitas crianças entre as vítimas.

Doutor Ulysses é uma pequena cidade do Vale do Ribeira no Paraná com população de 5 mil habitantes.


Filho é preso após furtar R$ 30 mil do próprio pai em Maringá


O furto ocorreu na casa do pai de 78 anos que ligou para a polícia e contou que o filho de 56 anos é o neto levaram o dinheiro que o aposentado guardava em casa no Jardim Alvorada. 

A polícia foi até a casa do filho e encontrou R$ 27 Mil. O restante do dinheiro, o filho que acabou preso disse que o neto levou. 


O homem que furtou o dinheiro foi autuado por furto qualificado, o neto ainda não foi localizado. 

quarta-feira, 9 de outubro de 2019
Depen entrega coletes balísticos para agentes penitenciários


O Departamento Penitenciário do Paraná através da Coordenação Regional de Maringá entregou nesta quinta-feira (03/10), 56 (cinquenta e seis) coletes balísticos aos agentes penitenciários integrantes dos Grupos de Segurança Interna (GSI) das Penitenciárias Estaduais de Maringá e Cruzeiro do Oeste e Casa de Custódia de Maringá; e agentes penitenciários lotados nas Cadeias Públicas de gestão plena de Maringá, Sarandi, Paranavaí, Umuarama, Cianorte e Guaíra; assim como para os agentes penitenciários e de cadeia lotados nas Cadeias recentemente reclassificadas para perfis únicos de presos, como Astorga e Goioerê que passaram a ser exclusivamente femininas, e Mandaguari e Nova Esperança que são destinadas exclusivamente a presos por crimes contra a dignidade sexual

Os coletes que foram repassados em convênio pelo Departamento Penitenciário Nacional, foram entregues aos agentes penitenciários e integram um conjunto de ações recentes de aparelhamento do Sistema Penitenciário do Paraná e a melhoria da segurança dos servidores.

Entre as ações está a compra de novos armamentos, como pistolas para cautela individual, e novas viaturas.

Os coletes que são próprios para a proteção a multi ameaças e que contém duas capas ostensivas somam cerca de R$60.000,00 (sessenta mil reais) de investimentos.

quinta-feira, 3 de outubro de 2019
Acidente no trevo de Mandaguari


Acidente no trevo de Mandaguari. Auto x carreta. No carro tinha criança. Segundo informações, os dois veículos seguiam sentido Maringá, quando o veículo Escort de Cruzeiro do Oeste realizou um retorno irregular na rodovia e aconteceu a colisão. No Escort estavam três ocupantes, entre eles uma criança de 1 ano e 3 meses.
Vítimas do Acidente no Contorno de Mandaguari.

Masc. 32 anos, passageiro do veículo, consciente.e orientado, apresenta contusão em face e fratura de cravicula. Hospital Metropolitano de Sarandi

Condutora feminino 29 anos, consciente e confusa, apresenta Traumatismo Craniano grave e trauma em face, ainda não foi descido qual hospital, e provavelmente vem de Helicóptero para Maringá.

Criança feminino 01 anos , óbito. Foram mais de 40  minutos de protocolo de Reanimacao Cardio Pulmomar.




Corpo carbonizado encontrado em Maringá é de mulher, diz IML


O IML divulgou na tarde desta terça-feira que o corpo carbonizado encontrado pelos bombeiros na segunda-feira de manhã num imóvel no Jardim Aclimação é de uma mulher.

A polícia está investigando o caso. O cadáver não foi identificado. Também não foi possível neste primeiro momento identificar a causa da morte. O que será que aconteceu?

quarta-feira, 2 de outubro de 2019
ROTAM de Mandaguaçu apreende mais drogas na cidade


Equipe ROTAM de Mandaguaçu durante patrulhamento pela Vila Guadiana visualizou indivíduo com um invólucro de cocaína prestes a fazer a venda.

Após abordagem e identificação, fora encontrado com Igor Matheus de Oliveira o referido invólucro da droga e um total de 467 reais em diversas notas pequenas.

Em sua residência, cerceada a entrada por sua mãe, foi encontrado dentro do bolso de uma calça mais 40 invólucros devidamente embalados e diversos pedaços ainda não embalados, totalizando um total de 50 gramas de cocaína.

Igor, juntamente do entorpecente e dinheiro foram então encaminhados à 24° delegacia de Mandaguaçu para as devidas providências cabíveis.

quarta-feira, 25 de setembro de 2019
PRF descobre meia tonelada de maconha escondida em teto de caminhão no Paraná


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 535,9 quilos de maconha na tarde desta terça-feira (24) em Cambé, na região norte do Paraná.

A droga era transportada em um compartimento oculto, no teto de um caminhão baú. O motorista, de 37 anos de idade, foi preso em flagrante.

Os agentes da PRF abordaram o veículo na BR-369. Os policiais rodoviários federais desconfiaram do motorista e resolveram fazer uma fiscalização minuciosa do caminhão, que estava vazio.

Durante a fiscalização, a equipe da PRF localizou o compartimento oculto, em forma de gavetas. O preso disse que saiu de Naviraí (MS) e que pretendia levar a carga ilícita até Ribeirão Preto (SP).

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Cambé. O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão.


terça-feira, 24 de setembro de 2019
Postagens mais antigas ››