Homem é morto com requintes de crueldade em casa de recuperação de dependentes químicos



Uma briga entre internos de uma casa de reabilitação de dependentes químicos, Comunidade Restaurar localizada na zona rural entre Maringá e Paiçandu terminou em crime bárbaro. A vítima é Márcio Henrique da Cruz de 38 anos. Ele foi morto a pauladas e ainda teve os olhos e as orelhas arrancadas. O assassino fugiu.

O corpo foi achado pelo caseiro na manhã desta terça-feira (11) perto de uma árvore. O crime pode ter ocorrido entre a noite e a madrugada desta terça-feira. No local viviam 5 pessoas. Quando a polícia esteve no local só encontrou três. Eles não passaram muitas informações para os policiais. 

Uma equipe da PM já iniciou diligências para tentar localizar o assassino. Os internos devem ser intimados pela polícia civil para prestarem depoimentos. O corpo do Márcio foi encaminhado para o IML de Maringá. 

Atualizando: No final da tarde desta terça-feira, a polícia civil esclareceu o crime. Um dos internos colaborou com as investigações e apontou Israel dos Santos Júnior de 27 anos como sendo um dos autores do crime. Ele negou que cortou as orelhas e arrancou os olhos, porém disse que ajudou a segurar a vítima. Para o delegado o acusado disse que quem matou o Márcio foi um tal de Fernando que ainda está foragido.

A motivação de acordo com o Israel que está preso teria sido por causa do uso de drogas e álcool. O outro sujeito por nome de Geraldo levado para a delegacia, foi ouvido e liberado. 

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››