Homem é preso por matar mulher e abandonar corpo na zona rural de Mandaguari



A polícia Civil de Mandaguari prendeu um empresário que confessou ter matado uma mulher de Maringá durante um suposto encontro amoroso nesta quarta-feira. O corpo de Luana Alves foi localizado por agricultores estrada da Promessa, zona rural da cidade.

O corpo estava coberto por uma toalha com a inscrição de um motel de Sarandi. A polícia esteve no motel e com base nas imagens conseguiu identificar o carro e descobrir o endereço do motorista. O Empresário Paulo Sérgio Rodrigues de 29 anos foi preso em sua residência em Mandaguari.

Durante depoimento para a polícia o empresário confessou o crime e explicou que marcou o encontro com a Luana pela internet e no motel ao descobrir que ele seria um empresário ela teria tentando extorquir o mesmo e foi neste momento que Paulo agrediu a moça e depois estrangulou-a até a morte.

Nas imagens do estabelecimento os policiais viram o homens saindo sozinho do motel com o carro com manchas de sangue. Após cometer o crime, Paulo desovou o corpo na zona rual. O delegado Dr. Ney Zoroastro explicou que o empresário vai ser denunciado por feminicídio.



‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››