Post Page Advertisement [Top]



Na manhã desta quarta-feira, (19), a Polícia Rodoviária Federal divulgou dados de ocorrências de acidentes, feridos e óbitos ocorridos de janeiro a novembro deste ano, na Av. Colombo, trecho urbano da BR 376, entre os kms 170 ao 182.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, houve redução em todos os índices. Em 2017, neste período, ocorreram 314 acidentes, 282 feridos leves, 66 feridos graves e 5 óbitos. Já em 2018, ocorreram 300 acidentes, 261 feridos leves, 61 feridos graves e 2 óbitos.

Vale lembrar, que em se referindo óbitos, a indicação é para aqueles casos de ocorrência no local, excluindo fatalidades a caminho e ou posterior, quando já nos hospitais. Trecho considerado no passado um dos mais perigosos no Estado, no quesito acidentes, a PRF tem intensificado ações nos pontos vulneráveis à ocorrência destes.

É imprescindível haver ações voltadas à segurança viária, o que a PRF está fazendo não só em Maringá mas em toda a região, uma delas as operações com radares, porém, fundamental novas posturas, conscientização, responsabilidade, prudência e acima de tudo humanização por parte dos condutores, afirma o Insp. Da PRF Pedro Faria.

Afirma ainda que não há o que comemorar, pois, embora os indicativos demonstram resultados positivos, ainda há muitas ocorrências de acidentes com feridos graves e óbitos, que em muitos casos poderiam ter sido evitados, caso houvesse mais atenção por parte dos condutores.

Frisa ainda que a PRF iniciou no último dia 14, a Operação RODOVIDA, que consiste em esforços conjunto entre vários órgãos de segurança viária em todo o País, objetivando a redução dos acidentes de trânsito. Essa operação se estende até o dia 10 de março de 2019.

Bottom Ad [Post Page]