Post Page Advertisement [Top]

Foto Rogério Morais 

Um jovem de 22 anos de idade morreu no final da tarde desta sexta-feira (15), após apontar uma arma para policiais que foram até sua residência cumprir um mandado de prisão expedido pela justiça de Maringá.

Investigadores da DH de Maringá pediram apoio da PM porque segundo a polícia, Gregori Marcos Leonel era considerado de alta periculosidade.

Logo que a polícia chegou na residência, o jovem teria apontado a arma em direção aos policiais que atiraram. Ele foi baleado e acabou falecendo logo em seguida no local.

Gregory estava com uma pistola 9mm carregada, A arma foi apreendida e será periciada. Este rapaz é suspeito de ter cometido matado com um tiro na cabeça, Ronaldo Pereira Goulart de 32 anos. Este crime ocorreu na Vila Esperança. A polícia também suspeita que ele seja o responsável pelo assassinato de Marcos Rodrigo Pereira Soares de 24. O crime ocorreu na avenida São Judas Tadeu.

Além dos crimes de Maringá, a polícia atribui a ele também a autoria da morte do entregador Wesley Simoes de Melo, morador de Maringá, mas que foi morto no final de 2018.


Bottom Ad [Post Page]