PC prende dono de chácara acusado de envolvimento na morte de 2 em Sarandii



A Polícia Civil de Sarandi desencadeou hoje nas primeiras horas da manhã uma operação para prender pessoas envolvidas no duplo homicídio Eduardo Michel e Marcos Vitorino na madrugada de 23-06, durante uma festa clandestina que ocorria em uma chácara.

Foram decretadas rapidamente pelo Judiciário de Sarandi as prisões temporárias por 30 dias de Eder Pereira Fonseca, 37 anos, vulgo Radar, que seria o proprietário da chácara, quem levou o atirador ao evento as 02:00 naquela madrugada e criminosamente removeu o cadáver da vítima Eduardo; e Hailton Rodrigues, vulgo Banguelo, 28 anos, este o atirador.

Somente Eder foi preso. Hailton está foragido.

Eder, Radar,  já tem inúmeras  passagens, inclusive por homicídio. De igual sorte, Hailton conta com passagens por tráfico, roubo, receptação, associação para o tráfico e porte de armas.

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››