ROTAM de Mandaguaçu apreende mais drogas na cidade



Equipe ROTAM de Mandaguaçu durante patrulhamento pela Vila Guadiana visualizou indivíduo com um invólucro de cocaína prestes a fazer a venda.

Após abordagem e identificação, fora encontrado com Igor Matheus de Oliveira o referido invólucro da droga e um total de 467 reais em diversas notas pequenas.

Em sua residência, cerceada a entrada por sua mãe, foi encontrado dentro do bolso de uma calça mais 40 invólucros devidamente embalados e diversos pedaços ainda não embalados, totalizando um total de 50 gramas de cocaína.

Igor, juntamente do entorpecente e dinheiro foram então encaminhados à 24° delegacia de Mandaguaçu para as devidas providências cabíveis.

quarta-feira, 25 de setembro de 2019
PRF descobre meia tonelada de maconha escondida em teto de caminhão no Paraná



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 535,9 quilos de maconha na tarde desta terça-feira (24) em Cambé, na região norte do Paraná.

A droga era transportada em um compartimento oculto, no teto de um caminhão baú. O motorista, de 37 anos de idade, foi preso em flagrante.

Os agentes da PRF abordaram o veículo na BR-369. Os policiais rodoviários federais desconfiaram do motorista e resolveram fazer uma fiscalização minuciosa do caminhão, que estava vazio.

Durante a fiscalização, a equipe da PRF localizou o compartimento oculto, em forma de gavetas. O preso disse que saiu de Naviraí (MS) e que pretendia levar a carga ilícita até Ribeirão Preto (SP).

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Cambé. O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão.


terça-feira, 24 de setembro de 2019
SOE Maringá realiza operação de revista na Cadeia Pública de Sarandi e apreende 11 celulares



 Nesta terça-feira (17/09) o SOE - Setor de Operações Especiais de Maringá do DEPEN - Departamento Penitenciário do Paraná realizou operação de revista geral na Cadeia Pública de Sarandi, a ação foi deflagrada porque presos fizeram um vídeo em um celular no interior da Cadeia onde faziam reclamações, o vídeo que foi veiculado nas redes sociais possibilitou a identificação dos presos na ação criminosa.

Após a revista que resultou na  apreenção de 11 aparelhos celulares, 02 carregadores para celular, 03 baterias para celular, 07 pedaços de ferro, e outros materiais não permitidos foi possível identificar os quatro presos que fizeram o vídeo, os mesmos foram autuados na Delegacia de Sarandi pelo crime de uso de celular no interior da Cadeia, além da ação penal, os presos envolvidos na ação criminosa, vão  responder administrativamente processo disciplinar que será feito na CCM - Casa de Custódia de Maringá para onde foram transferidos, além destes quatro presos, foram transferidos outros dez presos para a CCM, escolta programada visando diminuir a contagem de presos da Cadeia de Sarandi que contava com 278 presos antes das transferências.

Na operação de revista geral na Cadeia de Sarandi, além dos agentes penitenciários do SOE Maringá, atuaram agentes penitenciários e de cadeia da Regional do DEPEN em Maringá, e a Guarda Municipal de Sarandi que colaborou com o controle de fluxo de trânsito na área externa da Cadeia.




terça-feira, 17 de setembro de 2019
Pode faltar água em aproximadamente 30 bairros de Maringá. Saiba os motivos



A Sanepar informa que na próxima terça-feira (17), a partir das 8 horas, serão executadas interligações de redes de distribuição de água na Avenida Carlos Correia Borges, em Maringá. 
 
A realização das obras deve afetar o abastecimento nos bairros: Europa, Espanha, São Basílio, São Clemente, Atami, Jardim Portugal, Universo, Angelo Planas, I e II, Recanto dos Magnatas, São Conrado, Jardim Botânico, Higienópolis, Bela Vista, Cidade Monções, Betty, Borba Gato, Veredas I e II, Santa Rosa, Iguaçu, Conjunto Ferroviário e Anel Viário Sincler Sambatti (Contorno Sul), entre as Avenidas Guedner e Pioneiro Maurício Mariani.  Também poderão ser afetados os condomínios Vale do Sol, Recanto dos Magnatas II, Plaza Espanha, Residencial Aghata, Residencial Moriah, Residencial Pasargada, Bela Vista, Portal de Segóvia e Portal de Sevilha.
 
A normalização total do sistema deve acontecer, gradativamente, no decorrer da madrugada de quarta-feira (18).
 
Só ficarão sem água durante este período os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel, conforme recomendação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A Sanepar sugere que cada imóvel tenha uma caixa-d’água de pelo menos 500 litros. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo.
 
A orientação é evitar desperdícios. A Sanepar conta com a participação de todos!
 
O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula. 
 
No aplicativo Sanepar Mobile os clientes também podem consultar falta d'água. É só baixar o aplicativo e cadastrar a matrícula do imóvel.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019
PRF apreende 4,6 toneladas de maconha e faz a maior apreensão do ano no Paraná




Droga estava em um caminhão-tanque abordado na BR-277, em Céu Azul; dois paraguaios foram presos em flagrante_

https://www.prf.gov.br/agencia/prf-apreende-46-toneladas-de-maconha-e-faz-a-maior-apreensao-do-ano-no-parana/

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 4.632 quilos de maconha na manhã deste domingo (8) em Céu Azul, na região oeste do Paraná.

A apreensão é a maior realizada este ano pela PRF em território paranaense. Até então, a maior apreensão no estado em 2019 havia sido feita em Alto Paraíso, no último dia 13 de junho, quando 1,8 tonelada foi descoberta, em um ônibus escolar.

As 4,6 toneladas de maconha apreendidas hoje em Céu Azul eram transportadas em um caminhão-tanque, abordado na BR-277. O motorista, de 46 anos de idade, e o passageiro, de 21 anos, foram presos em flagrante. Ambos têm nacionalidade paraguaia.

Durante a abordagem, a equipe da PRF desconfiou da dupla e decidiu fazer uma verificação minuciosa do veículo, que deveria transportar óleo vegetal.

Para acessar o compartimento onde estavam os fardos da droga, foi necessário usar ferramentas desencarceradoras, para corte e expansão do tanque.

Para retirar os tabletes, a PRF solicitou apoio da concessionária que administra a rodovia, do Corpo de Bombeiros e do Exército Brasileiro. A pesagem foi concluída apenas no início da noite.

Trazida do Paraguai, a carga ilícita seria levada inicialmente até a cidade de Cascavel (PR).

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

domingo, 8 de setembro de 2019
Taxa de homicídios de Maringá é uma das menores do Paraná



Maringá teve índice de homicídios de 3,06 para cada 100 mil habitantes no primeiro semestre. É o que aponta relatório da Secretaria de Segurança Pública do Paraná. 

No período o município teve 13 homicídios, sendo oito dolosos (com intenção de matar), um latrocínio (roubo seguido de morte) e quatro casos de lesão corporal que resultaram em morte. A taxa de homicídios de Maringá é a menor do Paraná entre os municípios de maior porte. Foz do Iguaçu, por exemplo, registrou mais que o dobro nos seis primeiros meses do ano: foram 33 casos, o que corresponde a uma taxa de 12,76 homicídios para cada 100 mil habitantes.

Em São José dos Pinhais foram 32 casos, com taxa de 9,89 homicídios para cada 100 mil moradores. Já Cascavel registrou 18 homicídios nos seis primeiros meses do ano, com índice de 5,48 assassinatos para cada 100 mil habitantes. 

Em Ponta Grossa, a taxa foi de 6,82 homicídios para cada 100 mil habitantes. De janeiro a junho a cidade registrou 24 casos.
Umuarama registrou índice de 8,07 homicídios para cada 100 mil habitantes. Já Curitiba teve 128 assassinatos de janeiro a junho, com índice de 6,62. O índice de homicídios a cada 100 mil habitantes de Londrina foi de 4,56 - o município registrou 26 casos no período.

“Em 2018 a taxa foi de 7,9 homicídios para cada 100 mil habitantes em Maringá. Se este ano continuar nesse ritmo, teremos índice ainda menor. Faz tempo que a cidade tem um índice baixo, temos parceria boa entre as polícias militar e civil. Os crimes que acontecem são, na maioria, entre bandidos, por conta de drogas. Se compararmos com Foz do Iguaçu e Curitiba, por exemplo, vemos que Maringá está bem abaixo. Isso faz perceber que estamos no caminho certo”, afirma o presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Maringá (Conseg), Coronel Antonio Tadeu Rodrigues.

quinta-feira, 5 de setembro de 2019
PRE apreende mais de 37 quilos de maconha na PR-317



↘️ Data 04/09/2019;
↘️ Das 19h25min
↘️ Local: PR 317, KM 165+500 metros;
↘️ Município: Peabiru ;

✅ Equipe em Operação de Fiscalização abordou um ônibus de linha, com itinerário de Toledo para Campinas, ao realizar a busca nos bagageiros foram encontradas duas malas, contendo em seu interior  55 (cinquenta e cinco) tabletes de uma substância análoga a "Cannabis Sativa", os quais, após pesagem resultou  em 37.200 kg. Duas pessoas  foram identificadas como proprietárias das malas, sendo presas e encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil de Peabiru, juntamente com a substância apreendida, para as providências cabíveis.

Haitiano morre atropelado na marginal da rodovia PR-323


Um ciclista morreu atropelaso na marginal da rodovia PR-323 entre Paiçandu e Maringá

A vitima foi identificada como sendo um haitiano por nome de Jean Emile Mexil de 53 anos. O haitiano tentava atravessar a rua marginal com sua bicicleta, quando foi atingido violentamente pelo veículo que seguia sentido Maringá.

O ciclista morava com os colegas em Paiçandu e estaria voltando do trabalho. O motorista que também mora em Paiçandu estava indo para Maringá. Nossos sentimentos aos familiares e amigos



quarta-feira, 4 de setembro de 2019
Operação contra o cerol continua em Sarandi


As operações contra o cerol em Sarandi-PR, continua, as fiscalização acontecerá de forma aleatória nos bairros da cidade, com um só proposito, trazer mais segurança e compromisso com a sociedade.

A operação conta com o apoio do Policia Militar, Policia Civil, Conselho Tutelar e Fiscais da Fazenda, visando conscientizar a população e os comerciantes, sobre a venda e o uso do cerol e linha chilena no perímetro urbano e dos seus riscos a população. Podemos ressaltar que se ampara no cumprimento da Lei Municipal nº 2408/18, 02 de maio de 2018, que em sua sumula diz: Dispõe sobre a proibição do uso de cerol ou de qualquer outro tipo de material cortante nas linhas ou mesmo linhas cortantes especiais, tais como a linha chilena e outras, em pipas, papagaios ou semelhantes, e dá outras providências. Portanto quero reforçar que tanto a venda, quanto o uso de cerol configuram crime, no primeiro caso crime contra as relações de consumo “Vender, ter em depósito para vender ou expor à venda ou, de qualquer forma, entregar matéria-prima ou mercadoria, em condições impróprias ao consumo. Pena – detenção de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, ou multa”. No segundo, crime de perigo para a vida ou saúde de outrem “Expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e eminente: Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, se o fato não constitui crime mais grave”.

A Guarda Municipal de Sarandi-PR, conta com a ajuda da população, que denuncie os comércios que fazem a venda cerol e linha chilena, também que ao presenciar a exposição do cerol em lugares públicos, ponderam assim usar os canais de comunicações via, Whats App 044 9 9967-9168, 044 3126-1050 e o número de emergência 153 da Guarda Municipal.

segunda-feira, 2 de setembro de 2019
‹‹ Postagens mais recentes Postagens mais antigas ››