top of page
Buscar
  • Oséias Miranda

Arma usada para matar mulher em Sarandi é apreendida



O autor do feminicídio registrado em Sarandi no dia 23 de dezembro foi preso em pelo Pelotão de Choque de Maringá logo após o crime, mas a arma utilizada por ele não havia sido localizada.


O suspeito, de 30 anos, usava tornozeleira eletrônica e estaria sob efeito de drogas quando matou a companheira Claudia Maria da Silva de Jesus, de 37 anos, na frente da filha.


Ele utilizou uma pistola 9 milímetros. De acordo com o delegado Adriano Garcia, a arma foi localizada pela Guarda Municipal na casa do vizinho do autor. [ouça o áudio acima]

Segundo o delegado, a arma foi adaptada com o chamado kit rajada, o que a torna mais perigosa.


Claudia foi assassinada após ser agredida durante uma discussão com o companheiro. Ela saiu para pedir ajuda, mas foi alcançada pelo homem que atirou mais de dez vezes contra a vítima. Cláudia morreu no local.


O crime aconteceu no Jardim Independência, em Sarandi, na última sexta-feira (23). Na casa do autor, a polícia apreendeu drogas e uma balança de precisão.


bottom of page