Buscar
  • Oséias Miranda

Maringá é a maior geradora de empregos no interior do PR

Maringá ficou em destaque novamente como a maior geradora de empregos no interior do Estado. Em fevereiro foram ofertadas 1.895 vagas de trabalho, segundo ranking do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). No geral, a cidade ficou atrás somente de Curitiba que ofertou 13 mil vagas. "Em que pesem os prejuízos da nossa economia com a pandemia, temos empreendedores dinâmicos e empresas fortes que se destacam em nível nacional e até internacional”, comentou o prefeito Ulisses Maia.

Maringá gerou 756 vagas a mais em fevereiro, em relação a janeiro. Os principais setores em fevereiro foram serviços com 43% das vagas, comércio com 16%, indústria com 23%, construção com 10% e agricultura com 5%. Hoje há 288 vagas disponíveis na Agência do Trabalhador.


O empenho da Prefeitura e de diferentes segmentos da sociedade civil organizada colaborou para a boa colocação maringaense. Desde o final do primeiro semestre do ano passado foram feitas várias ações visando a recuperação da economia de Maringá durante a pandemia de coronavírus.


Entre as iniciativas estão a criação do Programa Juro Zero, incentivos e orientações no Espaço do Empreendedor, o Plano de Retomada Econômica e Social de Maringá, entre outras ações em parceria com órgãos como Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), Sebrae, sindicatos, universidades, entre outros.

Além disso, há empreendimentos e projetos em andamento que vão gerar novas vagas de trabalho, como o Parque Industrial, o Parque de TI, entre outros.



Dados do Caged indicam que o Brasil gerou 401.639 vagas em fevereiro. Sendo o Paraná o maior gerador de empregos no Sul e o terceiro no País. No Paraná, os setores que mais geram vagas são serviços, indústria da transformação, comércio, construção e depois agricultura.

15 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram