Buscar
  • Oséias Miranda

Procon vistoria 54 postos em dois meses com foco na qualidade e precificação



O Procon de Maringá fez 54 vistorias em postos de combustíveis entre abril e maio. O trabalho preventivo avaliou a qualidade dos combustíveis em 27 locais. Outros 27 postos foram avaliados na forma como comunicavam os preços da gasolina e do álcool. Também foram verificados os serviços e as notas fiscais, entre outros itens.

Nas fiscalizações, foram flagrados dois estabelecimentos com divulgação irregular de preço do litro de combustível. Os responsáveis foram notificados para corrigir o problema. Não houve aplicação de multas. “Esse trabalho preventivo do Procon é permanente durante todo o ano”, explica a coordenadora do órgão, Patrícia Parra. “Queremos que o consumidor tenha os melhores produtos e serviços”.

As amostras de gasolina, etanol e diesel coletadas nos postos foram encaminhadas para análises no laboratório da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Não houve registro de irregularidades. Todas estavam dentro das normas da Agência Nacional de Petróleo (ANP).

ATUAÇÃO - O Procon também realiza pesquisas de preços e verifica denúncias e reclamações dos consumidores. Esse ano já foram feitas vistorias em distribuidoras de gás, livrarias, peixarias, supermercados, bancos, shoppings, comércio de rua, postos de combustíveis, entre outros.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
banner-970-x-100-px.jpg